VENTILAÇÃO NOS APARELHOS AUDITIVOS

By: | Tags: | Comments: 0 | junho 25th, 2013

 A ventilação consiste em uma das modificações mais frequentemente realizadas no molde invisível e nas próteses intra-auriculares. Reduz a sensação de plenitude auricular e minimiza o efeito de oclusão e/ou ressonância causada pelo uso do próprio molde/prótese ou para filtrar baixas freqüências, proporcionando melhor inteligibilidade dos sons da fala.

É a abertura de um orifício paralelo, diagonal ou externo ao canal do molde.

  • Ventilação Paralela e/ou externa: é a mais efetiva para modificar o componente de baixa freqüência sem afetar a amplificação das altas.
  • Ventilação Diagonal: é usada quando existem restrições no diâmetro do meato acústico externo, e promove redução em todas as freqüências.

 

Em alguns moldes pode não haver espaço suficiente para realizar uma ventilação, em função do diâmetro do canal do molde auricular. Nesses casos utilizamos um recurso que consiste na escavação de uma canaleta ao longo do canal do molde, denominada de ventilação externa. Este tipo de modificação é frequentemente utilizado nas próteses intra-auriculares e intracanais, onde o espaço é reduzido, além de constituir uma boa opção para os casos em que a ventilação tradicional gera alimentação acústica.

Leave a Reply