Moldes Auriculares

By: | Tags: | Comments: 0 | maio 7th, 2013

Moldes adequados e confortáveis na orelha do usuário são muito importantes para que a adaptação da prótese auditiva ocorra com sucesso e que seu uso torne-se agradável e prazeroso. Alguns problemas com o molde podem prejudicar o seu uso: como molde muito justo ou canal muito longo, podendo causar desconforto, dor e ferimento. Nesse caso, o uso deve ser imediatamente interrompido e deverá ser levado ao Centro Auditivo para a diminuição da área que esteja machucando ou para encurtar o canal.


Outro problema bastante comum com o molde é a microfonia, apito ou assobio agudo. Os fatores que contribuem para o seu aparecimento poderão ser: molde mal adaptado anatomicamente, colocação incorreta do molde, tampão de cera na orelha e outros. Se os moldes não recebem cuidados e manutenção adequada podem se deteriorar rapidamente. Eles devem ser mantidos sempre limpos, pois a cera pode entupir o canal do molde interrompendo a passagem do som.

O tubo plástico que conecta os aparelhos retro-auriculares ao molde deve ser trocado pelo menos a cada 3 meses de uso, para que também não prejudiquem a passagem do som. Os moldes devem ser trocados sempre que houver crescimento global da orelha, alargamento do conduto auditivo com o uso contínuo, mudança brusca de peso do usuário e por eventuais danos no material. Crianças muito pequenas podem precisar trocar seus moldes a cada 3 ou 4 meses, crianças maiores podem trocá-los a cada 6 meses e adultos a cada ano.

Clarissa de Barros Lopes – CRFa-RS-6831
Fonoaudióloga

Leave a Reply