Cuidado com os Cotonetes

By: | Tags: , | Comments: 0 | maio 7th, 2013

A haste flexível é responsável por 60% das lesões e infecções no canal auditivo. O uso de cotonete na limpeza do ouvido irrita e pode causar um processo inflamatório, atingindo a pele que reveste o canal auditivo externo. A otite média é uma doença causada por microorganismos transportados também pelo cotonete.

A inflamação atinge com mais facilidade o compartimento externo do ouvido, pois a curvatura natural da região causa traumas mais profundos. Em alguns casos, os cotonetes podem perfurar a membrana do tímpano, causando sangramento e lesões mais graves na região, até surdez parcial.

Nunca enfiar objetos pontiagudos (clips, tampas de canetas, lápis, grampos, chaves, etc.) para retirar a cera do ouvido. O ideal é limpar o ouvido após o banho com a ponta da toalha, só até o dedo alcançar. Ao sair do banho ou depois da piscina, escorra a água para fora do canal externo inclinando a cabeça para o lado ou fazendo movimentos leves com a orelha em forma circular. Nunca faça a retirada da água com cotonete.

Se o excesso de cera estiver atrapalhando a audição, procure um otorrinolaringologista. A limpeza só deve ser feita por um profissional especializado; a freqüência varia para cada caso. Deve-se sempre procurar um médico para checar os motivos que estão associados à dor de ouvido e qual o melhor tratamento.

*Cotonete é marca registrada da Johnson & Johnson.
Fonte: Zero Hora de 08/02/2003 – Caderno Vida Médicos:
Frederick Marck Vieira /Osvaldo Nascimento Júnior

Leave a Reply